Condições Gerais

As Condições Gerais regulamentam as modalidades e condições de venda dos produtos comercializados pela SANCO, S.A.
Todos os produtos vendidos aos clientes, estão sujeitos aos regulamentos exibidos neste documento, formando parte integral de cada proposta, pedidos, e respectivas confirmações.

ACEITAÇÃO DAS CONDIÇÕES GERAIS

Ao realizar as suas encomendas, o cliente implicitamente assume ter tomado conhecimento das Condições Gerais de Venda abaixo descritas.

Horário de funcionamento
Período da Manhã: 09:00 – 12:30
Período da Tarde: 14:00 – 18:30

1. VENDAS

1.1. Esta tabela entra em vigor a partir da data estipulada em comunicado oficial da empresa, e anula todas as anteriores. Os preços de venda são os publicados na presente tabela, ou o preço líquido estipulado na oferta correspondente. Impostos e taxas não estão incluídos, e serão aplicáveis de acordo com a legislação em vigor.
1.2. As referências, códigos e preços são os indicados salvo erro tipográfico ou de impressão.
1.3. A Sanco, S.A. reserva o direito de modificar os preços publicados nesta tabela sem aviso prévio. Todas as especificações descritas nesta publicação, página Web, catálogos, folhetos publicitários, newsletters, notas informativas, etc. são de título orientativo e não constituem documento contratual.
1.4. Estamos receptivos a negociar preços sempre que seja justificável pelo volume de negócio envolvido.

2. ABERTURA DE CONTA DE CLIENTE

2.1. Para poder efectuar compras de materiais na Sanco, S.A. é necessário o processo de registo e abertura de conta de cliente.
2.2. O formulário de abertura de conta de cliente está disponível na nossa página Web na secção “Suporte”, ou o proponente cliente poderá solicitar o seu envio. Este deverá ser integralmente preenchido, e a ele anexados toda a documentação solicitada.
 Juntamente com o formulário, é necessária uma Fotocópia/Digitalização do cartão de contribuinte ou, em caso de não ser explícito o ramo de actividade, fotocópia da Declaração de Início de Actividade;
2.3. A Sanco, S.A. efectua vendas dos seus produtos a Empresas especializadas no sector da Segurança Electrónica, Integradores e Profissionais em nome individual, Grossistas, Armazenistas e Retalhistas – genericamente designados por REVENDEDOR.

3. FORMALIZAÇÃO DE ENCOMENDAS

3.1. As encomendas de clientes são aceites unicamente por escrito, para o fax nº 223 710 846, para o e-mail encomendas@sanco.pt ou através da nossa interface Web de clientes disponível em www.sanco.pt para todos os clientes registados.

3.2. Poderão ser aceites encomendas via telefone, quando autorizado, e desde que em qualquer circunstância não exista possibilidade de ocorrência de erros de processamento do pedido.

3.3. No pedido deverão constar as seguintes informações:
Nome do Cliente
Data da Encomenda
Código do Produto
Descrição
Quantidade
Morada de Recepção de encomenda (caso seja diferente da morada habitual de expedição)
Data de Envio (caso seja diferente da data de encomenda)
Observações (indicações específicas, e aceitação ou não de fornecimentos parciais)

3.4. As encomendas que não atinjam o valor mínimo de 150 € são processadas como vendas a dinheiro (salvo ruptura de stocks).

3.5. A anulação de encomendas tem que ser efectuada por escrito (fax, carta ou e-mail), e autorizada pelo nosso departamento comercial. Reservamo-nos o direito de recusar a anulação de uma encomenda que tenha sido efectuada para um pedido especial, ou seja, encomendada exclusivamente para o Revendedor em questão.

3.6. Todo o material encomendado, e não disponível em stock, será mantido como pendente, a menos que o Revendedor manifeste outra decisão. Após reposição, o mesmo será enviado por ordem de chegada da encomenda, e com aviso prévio.
O cliente será notificado da data estimada de chegada da mercadoria encomendada.

3.7. Caso o solicite, poderá ser accionado um pedido de entrega urgente, sendo o cliente informado do valor adicional de taxa de transporte urgente que lhe será debitado e a respectiva data de entrega. Em casos especiais poderá ainda optar pela modalidade “dropshipment” na qual a mercadoria encomendada poderá ser expedida para o destino final da obra.

3.8. Só serão aceites reservas de material, sem documento de venda efectuado, pelo período de 48 horas, ao fim dos quais serão consideradas sem efeito, e de imediato, anuladas.

3.9. Todas as encomendas para recolha no nosso armazém, serão mantidas pelo prazo máximo de 7 dias, ao fim dos quais serão consideradas sem efeito e anuladas.

4. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

4.1. Pré-Pagamento / Pronto Pagamento

4.1.1. Logo que é efectuada uma encomenda pelo cliente, é emitida uma Factura Proforma, detalhando o valor total a pagar, e os dados necessários para efectivação do pagamento. A mercadoria é expedida assim que seja recepcionada a confirmação do pagamento.

4.2. Pagamento a Crédito

4.2.1. Este modo de pagamento é accionado mediante autorização do Departamento Financeiro da Sanco, S.A.
Para tal, será necessária uma análise do historial de compras, e um volume mínimo de acumulado de compras de 2500.00€. As condições de pagamento serão ajustadas e negociadas com o cliente de acordo com o disposto no ponto 4.3.1.

4.3. Classificação de Crédito

4.3.1. A Sanco, S.A. apenas financia as compras dos seus clientes de acordo com as informações recolhidas e plafond concedido pela nossa Seguradora de Crédito. Os pedidos de crédito são efectuados sempre que a Sanco, S.A. disponha de informações comerciais consideradas suficientemente favoráveis, e cujo volume de compras previsto seja igual ou superior a 5000€/ano.

4.3.2. A não concretização a cada semestre (contado a partir da data de abertura de conta de cliente) de um volume de compras de acordo com os limites indicados, poderá determinar a interrupção do fornecimento a crédito.

4.3.3. Caso seja retirado o crédito a um cliente por indicação da Companhia de Seguros de Crédito, as condições de fornecimento são imediatamente alteradas para Pré-Pagamento/Pronto Pagamento.

4.3.4. Caso o cliente pretenda solicitar a re-abertura de concessão de crédito, será imputada ao cliente a taxa de cobrada pela Companhia de Seguros de Crédito.

4.3.5. O Plafond de Crédito concedido aos clientes é determinado pela referência da Companhia de Seguros de Crédito. Caso o cliente pretenda ampliar esse plafond, poderá efectuá-lo através de uma garantia bancária a favor da Sanco, S.A. no montante exacto do valor necessário, e pelo período pretendido.

4.3.6. É reservado o direito de aceitação, ou não concessão de crédito a clientes, sem qualquer justificação tácita por parte da Sanco, S.A.

4.4. Pagamentos com cheque

4.4.1. A Sanco, S.A. reserva-se no direito de não aceitar cheques cujo titular não seja a designação da empresa constante na factura, e à qual foi concedido crédito. Deste modo, poderão não ser aceites cheques pessoais, mesmo que pertencentes a contas particulares dos sócios-gerentes, excepto quando o cliente for empresário em nome individual.

4.4.2. Os cheques deverão ser preferencialmente dactilografados, e não deverão apresentar rasuras em nenhum dos campos, que possam impedir o correcto processamento do mesmo. Não serão aceites cheques de entidades bancárias que não possuam sede em território português.

4.4.3. Os cheques deverão ser apresentados a pagamento na data de vencimento. Poderá ser exigida a entrega do cheque à data da entrega da mercadoria, datado com a data de vencimento.

4.4.4. Qualquer pedido de adiamento para apresentação de um cheque a pagamento deverá ser autorizado pelos elementos responsáveis da Administração da Sanco, S.A., e no caso de o deferimento da data de pagamento ser superior a 5 dias, pressupõe a entrega de novo cheque para a data acordada, até à data aposta no cheque a ser substituído.

4.4.5. Na eventualidade de devolução de cheque e na ausência de autorização da Administração referida anteriormente, a forma de pagamento passará de imediato a ser efectuada por transferência bancária, numerário ou multibanco, só se permitindo novo fornecimento quando o valor em questão se encontrar liquidado.

4.4.6. Caso o cliente tenha usufruído de desconto de pronto pagamento, o montante do mesmo será cobrado ao cliente por meio de Nota de Débito.

4.4.7. Para o processamento de devolução de cheque, a Sanco, S.A. cobrará ao cliente o montante de 35.00€ + IVA, relativo a custos administrativos e encargos bancários, pela primeira devolução, e o montante de 60.00€ em casos de re-incidência.

4.4.8. Nos casos de adiamento de cheques pré-datados, serão aplicadas as mesmas disposições anteriores, sendo cobrada a taxa de 20.00€ a título de custos administrativos, sendo a retirada do cheque efectuada após confirmação do pagamento do montante acima referido. Caso o prazo de adiamento do cheque pré-datado seja superior a 15 dias, são debitados juros de mora à taxa de 6%.

4.5. Incumprimento

4.5.1. Caso o cliente não efectue o pagamento dos montantes em débito à data de vencimento, a Sanco, S.A. terá o direito de exigir juros de mora até integral pagamento à taxa de juro legal em vigor aplicada em regime de juro simples.

4.6. A mercadoria facturada é considerada nossa propriedade até que seja integralmente liquidada.


5. TRATAMENTO, EXPEDIÇÃO E PORTES

5.1. As encomendas de material que se encontre em stock, recepcionadas dentro do horário de picking, serão expedidas no próprio dia, caso contrário, serão expedidas no dia seguinte.

5.2. Caso opte pela recolha do material no nosso armazém, poderá efectuá-lo de 2ª a 6ª entre as 09:00-12:30 e 14:00-18:30. A fim de assegurar um processo de recolha célere, recomendados que nos indique com pelo menos 1 hora de antecedência, a hora prevista para a recolha da mercadoria.

5.3. A mercadoria viaja por conta e risco do cliente.

5.4. Os portes são suportados pelo cliente, no valor de 6,4 € por cada volume com um máximo de 30 Kg.

5.5. Se as condições comerciais do cliente especificarem cobrança contra-entrega, é acrescida a sobretaxa de cobrança no montante de 2,10€.

5.6. Caso o cliente não especifique, o operador logístico para os envios para a Península Iberica e Ilhas é a CTT Expresso. A Sanco, S.A. poderá expedir as encomendas pelo operador indicado pelo cliente, desde que associado à sua conta de cliente nesse operador. Qualquer necessidade especial em termos de transporte, tais como Entregas Urgentes, expedição por via aérea, etc, será integralmente suportada pelo cliente.

5.7. Os prazos de entrega comunicados são meramente informativos, não estando o seu cumprimento directamente afecto à Sanco, S.A. 

5.8. O incumprimento do prazo de entrega por parte do operador logístico não confere direito a reclamação de danos ou prejuízos por parte do cliente.

5.9. As despesas inerentes a envios não recepcionados (no acto da entrega), não levantados (na estação dos correios), e posterior(es) reenvio(s) de uma encomenda não recepcionada/levantada serão cobradas ao Cliente por meio de Nota de Débito.

5.10. Sempre que o cliente solicitar entregas parciais de uma encomenda, estas entregas originarão cobrança de portes por cada envio efectuado. São contudo excluídas as situações em que, por responsabilidade da Sanco, S.A. a encomenda não seja integralmente entregue, os custos dos portes serão assumidos pela Sanco, S.A.

5.11. Condicionantes de Entrega

5.11.1. A expedição de encomendas por parte da Sanco, S.A. ao Revendedor poderá ser suspensa sempre que ocorra uma das seguintes situações:

5.11.1.1. Existência de facturas anteriores com prazo de pagamento já vencido

5.11.1.2. Existência de cheques devolvidos por falta de provisão

5.11.1.3. Montante de encomenda seja superior ao plafond de crédito atribuído ao cliente

6. ENCOMENDAS DANIFICADAS NO TRANSPORTE

6.1. ATENÇÃO: Aquando da entrega da mercadoria por parte do transportador, verifique a embalagem, e no caso de detectar alguma anomalia (deterioração, violação) deverá de imediato recusar a encomenda ao estafeta responsável pela entrega, e comunicar o sucedido à Sanco.

6.2. Porque pretendemos servir bem os nossos estimados Clientes, estabelecemos com o nosso operador Logístico, um contrato de recolha e entrega domiciliária de encomendas, em perfeitas condições de embalagem, transporte e seguro.

6.3. Alertamos que antes de aceitarem o recebimento de qualquer encomenda por nós enviada, deverão verificar de imediato se a mesma demonstra vestígios de danificação derivada do transporte, recusando a aceitação da mesma e assinalando no registo e lista de transporte da transportadora a recusa de recebimentos por estar danificada.

6.4. Caso não seja viável a verificação no momento da recepção deverá escrever no documento que assina à transportadora a frase “Encomenda sujeita a verificação”.

6.5. O incumprimento desta norma privará o cliente de posterior reclamação.

 

7. DEVOLUÇÕES / REPARAÇÕES

7.1. São aceites devoluções de mercadoria até ao prazo de 8 dias a contar da data de recepção da mesma por parte do cliente, desde que efectuada com justa causa, e acompanhada do formulário ARM (autorização de retorno de mercadoria) disponível na área de Suporte do site www.sanco.pt , ou solicitando aos serviços de Logística da Sanco S.A. . Antes de qualquer devolução, deverá contactar-nos telefonicamente, e anexar à ARM, uma cópia da factura ou venda a dinheiro, na qual adquiriu o artigo a devolver, assim como uma guia de devolução/transporte do material a devolver.

7.2. Não serão aceites devoluções com qualquer valor a cobrar (quer do material devolvido, quer do seu transporte).

7.3. Caso o material a devolver tenha sido enviado por nosso equívoco, a recolha e transporte dos materiais será feita a nosso total encargo. Solicitamos contudo que o cliente acondicione devidamente os equipamentos nas embalagens originais, aquando da devolução.

7.4. Após a recepção do material devolvido, este será analisado pelo nosso departamento técnico, mediante a descrição de avaria indicada pelo Revendedor, na ARM anexa ao material a analisar, e a aceitação ou não da referida devolução, será atempadamente comunicada ao Revendedor.

7.5. Se após 8 dias a partir da recepção da mercadoria, não for recebida qualquer informação ou notificação, assumimos que a recepção e verificação dos materiais foram feitas em conformidade.

7.6. Após este período não são aceites devoluções de materiais como equipamentos com defeito de origem.

7.7. Não poderão ser afixadas etiquetas ou autocolantes (do cliente ou transportador) sobre a embalagem original do produto, nem qualquer tipo de escrita directamente nas embalagens, sob pena de invalidar a aceitação da devolução.

7.7.1. Na embalagem externa, deverá ser afixado/escrito de forma bem visível o nº ARM mas nunca na embalagem original.

7.8. No caso de a reclamação ser aceite, o material devolvido será reparado ou substituído por novo ou equivalente, o qual será enviado logo que possível, com despesas de envio por conta da Sanco, S.A..

7.8.1. Neste caso, será emitida uma nota de crédito referente ao material devolvido, e uma factura referente ao material trocado, NUNCA havendo lugar a qualquer devolução pecuniária.

7.9. Equipamentos devolvidos nos quais se detecte, adulteração de componentes originais, ou falta de manuais / componentes auxiliares, ou danificados por dispositivos externos, subidas abruptas de tensão, modificação de firmware ou manuseamento/uso indevido não são passíveis de aceitação e tratamento ao abrigo da garantia.

7.10. No caso de a reclamação não ter fundamento, o material reclamado será devolvido ao Revendedor, com portes a debitar por sua conta.

7.11. Todas as decisões acerca da aceitação, ou não, das reclamações apresentadas, são da exclusiva responsabilidade dos nossos serviços técnicos, pelo que não são passíveis de apelo.

7.12. Tratando-se de um envio de vários equipamentos para reparação, deverão incluir em cada unidade, uma nota especificando as avarias observadas.

7.13. Todas as devoluções ou envios para reparação deverão ser enviados para:

SANCO PRODUTOS ELECTRÓNICOS, S.A.
RUA DOS LAGOS, 545 – EDIFICIO SANCO
4405-875 VILA NOVA DE GAIA

>>página seguinte